Redes Sociais: Vendas, Marketing e Gestão da Reputação

Apesar do que alguns pensavam há três ou quatro anos atrás (eu incluído), hoje é mais ou menos consensual que as redes sociais são um elemento essencial do marketing digital. Se é simplesmente para manter uma presença de marca, criar consciência de marca, usar uma plataforma nas redes sociais para gerir a reputação ou simplesmente para mostrar o seu produto, é inegável que as redes sociais oferecem uma série de vantagens.

No entanto, “fazer social media” não é tão simples como apenas a criação de uma página do Facebook ou Twitter ou criar um perfil para a sua empresa e publicar sobre seus produtos. Há muito mais que pode ser feito e há algumas coisas que deve evitar.

Uma das primeiras coisas a considerar é a “pesca na lagoa certa”. Dependendo do seu buyer persona deve agir em diferentes redes sociais. Descubra onde estão seus clientes ideais e concentre-se nesses canais sociais. É fácil ficar atraído pelo que alguém diz que é a melhor prática para um determinado tipo de produto ou cliente, por isso lembre-se de sempre voltar aos seus personas.

Pode ouvir dizer que deve concentrar-se fortemente em Pinterest se estiver a criar um produto ‘fashion’. No entanto, se o seu comprador persona é uma mulher de 65 anos de idade que só usa o Facebook pode estar a perder tempo e esforço no Pinterest. Mas se outro dos seus personas é uma mulher de 25 anos que tem Pinterest, então pode considerar a segmentação dos seus canais para capturar o maior interesse possível. Publique os seus padrões de tricô de Pastor Alemão no Facebook e seus padrões Batman no Pinterest!

Pode ajudar a informar as pessoas e conduzir uma pesquisa geral de clientes, envolvendo o que chamamos de “escuta social.” O Twitter é uma ferramenta incrível para isso. Ao usar um aplicativo de terceiros, como o Hootsuite, pode monitorizar certas palavras, frases ou hashtags. Veja o que as pessoas estão a dizer sobre sua marca, o seu concorrente ou sobre um certo hobby. Use esta informação para informar o seu marketing ou produtos: dar às pessoas o que elas querem é sempre melhor do que dar-lhes o que acha que elas querem!

Valor acima de viral, qualidade acima de quantidade

Quando pensa em redes sociais é fácil pensar em conteúdo viral. Existem centenas de grandes empresas que recebem comentários sarcásticos ou bons sobre algum vídeo e geram milhares de visitas ao mesmo. Mas isto não é um objetivo realista. Mesmo que seu post tenha muitas visitas, não é possível garantir que o conteúdo seja viral, até porque o conteúdo pode ser viral sem ser bom, o que prejudicaria a sua marca.

As redes sociais servem para fornecer aos seus fãs e às pessoas que ainda não são seus fãs conteúdo de qualidade numa base regular. Se tudo o que compartilha são vídeos engraçados de animais, em que não está a adicionar qualquer valor à sua marca, não está a posicionar-se como uma fonte confiável de informações. 25.000 seguidores não fazem sentido se nenhum deles se envolver com o seu conteúdo. Envolvimento é a chave no marketing de redes sociais moderno; cada ‘share’ e ‘retweet’ expande o seu alcance exponencialmente. O utilizador de Facebook médio tem mais de 200 amigos que podem agora ver o seu conteúdo se puder envolver o seu fã o suficiente para comentar ou compartilhar a sua mensagem.

As redes sociais não são apenas uma ferramenta B2C. O LinkedIn é a maior rede de B2B do mundo e, ao lado, o Twitter tem uma miríade de usos no contexto B2B. O networking com os profissionais certos da sua indústria ou indústrias alvo pode ser inestimável. De simplesmente ser um nome reconhecido quando envia um e-mail ou faz uma chamada, até realmente obter algum resultado, deve envolver o seu público, porque já é visto como uma fonte de valor na sua área de especialização. É fundamental lembrar que, mesmo na era digital, as pessoas ainda gostam de lidar com pessoas.

Se olhar para a sua caixa de correio hoje e vir ‘Oferta Especial Hoje Somente!’ De ‘NoReply@Company.com’ é provável que vá abri-lo?

E se for?

‘Vi o seu comentário no meu post LinkedIn’ De ‘carlos@Company.com’?

Quer seja uma pessoa de vendas, um gestor de marketing ou CEO há uma razão para usar as redes sociais. Nós todos sabemos que no mundo dos negócios a reputação é a chave. As redes sociais são um canal onde pode provar consistentemente o valor social, fornecer referências para a sua reputação e tornar-se um nome/rosto que as pessoas reconhecem, mesmo que eles não saibam de onde. Realizar algumas horas de trabalho nas redes sociais pode dar-lhe um cartão-de-visita permanente em redes 24/7.

Este artigo no blog foi adaptado do post “Social Media: Sales, Marketing & Reputation Management’”, autoria de Rob Thomas, encontrada em “Digital Minds”.

New2ndEditionBookCover-siteimage

FONTE: https://www.wsiworld.com/blog/social-media-sales-marketing-and-reputation-management/

Tags: ,

Carlos Venancio

Aproveito este espaço para partilhar o meu conhecimento e opinião sobre as mais diversas áreas do marketing digital, vendas e estratégia empresarial. Obrigado por visitar o Blog e ler os meus artigos.

OUR CORPORATE PARTNERS

partners
Ligue:
+351 939 155 089