98% dos visitantes do website não entram em contacto

Em média. Mais ou menos. É uma estatística baseada em dados reais e que reflecte de certa forma a realidade.

Em alguns websites 100% dos visitantes não entram em contacto. Noutros 97%, 95% e em casos muitos excepcionais 90% dos visitantes não entram em contacto. Em resumo, mais de 9 em cada 10 simplesmente visitam e vão embora sem fazer nada. Mais de 9 em cada 10 não se tornam sequer potenciais clientes, nunca sabemos quem são e a maioria nunca mais se lembrarão que estiveram no website sequer.

Dito assim, para uma empresa que investe ou vai investir em marketing digital, a realidade é preocupante. Então isso quer dizer que mais de 90% do investimento que fizermos em marketing digital é um desperdício? Não, nem mesmo que o seu objectivo seja exclusivamente geração de leads. 100% das visitas dão visibilidade à empresa do website visitado. Mas esqueçamos isso por um momento.

John Wanamaker disse algo como isto: «metade do dinheiro que gasto em publicidade é um desperdício. Só não sei qual metade». No marketing digital também sabemos que mais de 90% do dinheiro investido não irá gerar um contacto imediatamente, só não sabemos quais são os 5% ou 10% que geram leads e oportunidades de negócio!

Conhecendo esta realidade resta-nos encontrar formas de optimizar o investimento para diminuir o desperdício ao mínimo. Como? Por exemplo:

  • Optimizar o website para a Conversão – se 100% dos visitantes não entram em contacto o problema não estará nos visitantes, provavelmente é porque o website não convida ao contacto. Se a taxa de conversão é de 1% ou 2%, pequenas alterações no website como a inserção de um formulário de contacto em todas as páginas podem duplicar ou mesmo triplicar essa taxa.
  • Fazer remarketing – os tais 90 e tal por cento de visitantes que não entram em contacto visitaram o website por algum motivo. Algum interesse tinham. Por não voltar a chamar-lhes a atenção para a empresa através de publicidade visual quando eles estão a navegar noutros websites?
  • Implementar um sistema com Visitor ID – esta possibilidade é particularmente interessante para empresas que trabalham B2B. E se conseguisse identificar onde trabalham alguns dos visitantes do seu website? Não a pessoa em concreto, pelo menos até que esta lhe ceda o contacto, mas a empresa? Imagine que consegue ver que alguém de determinada empresa, sua potencial cliente, visitou o website 3 vezes nos últimos dois dias – isso tem valor para a equipa comercial? Consegue imaginar formas de usar essa informação nas actividades de prospecção da sua equipa de vendas?

A WSI tem uma parceria com a Sharpspring, uma plataforma de Marketing Automation, que entre muitas outras funcionalidades tem o Visitor ID. Quando tiver interesse em saber mais sobre Visitor ID, Marketing Automation ou mesmo sobre como trabalhar com Sharpspring, não hesite, carlos@mundowsionline.com.

 

Tags:

Carlos Venancio

Aproveito este espaço para partilhar o meu conhecimento e opinião sobre as mais diversas áreas do marketing digital, vendas e estratégia empresarial. Obrigado por visitar o Blog e ler os meus artigos.

OUR CORPORATE PARTNERS

partners
Ligue:
+351 939 155 089