Para que é que precisamos de 30.000 conexões LinkedIn?

Pessoas em Rede

Quantas conexões LinkedIn tem ao dia de hoje? São poucas, muitas ou suficientes? Gostaria de ter mais conexões? Para quê?

Ao que parece o LinkedIn tem estabelecido um número máximo de conexões que cada um de nós pode ter, e esse número é 30.000! A maioria dos utilizadores está longe, muito longe, de atingir esse limite. E honestamente, quem é que tem tempo e capacidade para gerir 30.000 relações?

Esclarecido que o limite máximo não será problema, vale o esforço de aumentar a nossa rede de contactos no LinkedIn? Será o caminho certo conectarmos-nos com o maior número de profissionais que conseguirmos? Vamos por partes, são duas questões com respostas diferentes (na minha opinião).

Em resposta à pergunta se vale o esforço aumentar a nossa rede de contactos LinkedIn, a minha resposta é um claro SIM. Sabemos que as relações entre pessoas são, e sempre foram chave para o sucesso dos negócios e das carreiras profissionais de todos e cada um. Sabemos que o networking é uma ferramenta fundamental para alimentar a confiança entre empresários. Sabemos que ajudar os outros sem esperar nada em troca acaba sempre por compensar quem ajuda. E no LinkedIn podemos fazer tudo isto, relacionarmos-nos com pessoas, fazer networking e até ajudar os outros com o nosso conhecimento e experiência. Além disso (perdoem-me o Inglês, mas não quis desvirtuar o conteúdo original):

  • 98% of reps with 5,000+ LinkedIn connections make their number (source: Sales Benchmark Index)
  • 78% of salespeople using social media outsell their peers (source: Social Media and Sales Quota Survey)
  • You are almost 5x more likely to schedule a first meeting if you have a personal LinkedIn connection (source: Sales Benchmark Series)

Quer isto dizer que nos devemos conectar com o maior número de profissionais que conseguirmos? Também na minha opinião a resposta é um claro NÃO. Por trás de uma conexão LinkedIn deverá estar algum interesse comum, caso contrário qual é o sentido? Também não sou dos que defendem que devemos conhecer pessoalmente todas as pessoas que estão na nossa rede de contactos. Não, não precisamos de conhecer todos, mas julgo que tem de haver um mínimo denominador comum, por exemplo:

  • Cruzaram-se numa Feira ou num Congresso, mal falaram mas claramente têm interesses comuns;
  • São ambos praticantes de um desporto ou hobbie comum, e apesar de ser algo da esfera pessoal podem querer ter essa ligação também através do LinkedIn;
  • Estudaram na mesma Universidade;
  • São duas pessoas interessadas numa área cientifica comum, e ambos ganharão com a ligação;
  • Todas as situações em que ambos ganham com a ligação!

Mas como o fazer, como aumentar a nossa rede de contactos de uma forma coerente e significativa? Só existem duas formas: pedirmos conexões ou sermos convidados para nos conectarmos com outros. Contudo, o LinkedIn limita-nos o número de pedidos que podemos fazer a 3.000, o que será um número mais que suficiente para os pedidos que precisaremos fazer ao longo da vida mas não dá para pedir conexão a toda a gente que nos aparece na plataforma. Mas vale a pena pedir conexão a:

  • Ex e actuais colegas de trabalho;
  • Ex e actuais colegas e professores de escola;
  • Pessoas que conhecemos em Feiras, Congressos, Eventos de Networking ou outros de carácter profissional;
  • Clientes, fornecedores ou parceiros com quem nos cruzamos no nosso dia a dia;
  • Pessoas com perfil relevante que interagem connosco ou com o nosso conteúdo publicado ou partilhado no LinkedIn.

Todos os que ambicionam ultrapassar as 3.000 conexões só têm um caminho, tornarem-se relevantes, interessantes e uma fonte de ajuda ou inspiração para outros que, assim, se sintam compelidos a pedir conexão. Para isso só existe o caminho de dar, dar, dar e ajudar. E nas redes sociais esse caminho faz-se com conteúdo e conversas. Bom conteúdo, excelente conteúdo e conversas relevantes, muitas vezes respondendo a questões colocadas online, ajudando não só quem as coloca mas todos os que vêem o dialogo.

Quantas conexões LinkedIn tem ao dia de hoje? São poucas, muitas ou suficientes? Gostaria de ter mais conexões? O que vai fazer para que isso aconteça?

Tags:

Carlos Venancio

Aproveito este espaço para partilhar o meu conhecimento e opinião sobre as mais diversas áreas do marketing digital, vendas e estratégia empresarial. Obrigado por visitar o Blog e ler os meus artigos.

OUR CORPORATE PARTNERS

partners
Ligue:
+351 939 155 089